Remédios para emagrecer – os perigos que eles escondem

Compartilhe

Os remédios para emagrecer geralmente são utilizados pelas pessoas que desejam atingir uma meta e não conseguem, seja pelo modo como estão adotando a dieta ou por não estarem realizando os exercícios corretamente. Além disso, há os medicamentos que também são recomendados para pessoas que realmente possuem dificuldade em emagrecer somente com uma rotina mais saudável.

Em todos os casos, os remédios para emagrecer podem ser perigosos e o seu uso deve ser feito somente com recomendação e acompanhamento médico. A seguir, entenda mais sobre os perigos de consumir remédios para emagrecer.

remédios para emagrecerPor que eles são perigosos?

Os principais perigos desses remédios é que eles podem causar uma série de efeitos colaterais no corpo e, se usados por muito tempo, podem causar dependência. Os efeitos colaterais variam conforme o grupo de medicamentos. Os inibidores de apetite são os principais que causam dependência, por isso o seu uso deve ser ainda mais cauteloso. Eles ainda podem aumentar o nervosismo e também causar insônia.

Já aqueles medicamentos que estimulam a saciedade, não causam dependência, mas costumam causar boca seca, insônia e constipação intestinal aos seus usuários. Há ainda os medicamentos considerados inibidores de absorção de gorduras e estes podem causar diarreia. De modo geral, qualquer medicamento desse tipo usado de forma inadequada, não trará os resultados esperados e pode desencadear uma série de outros problemas.

remédios para emagrecerQualquer um pode tomar os remédios para emagrecer?

Os remédios para emagrecer não são indicados para todas as pessoas. Os médicos sempre recomendam aos seus pacientes uma dieta equilibrada, aliada com atividades físicas. Se isso não der certo e não surtir os efeitos necessários, o medicamento pode começar a ser incluído na rotina. Novamente, somente o médico pode avaliar o quadro de cada paciente e determinar qual medicamento é o mais indicado, assim como a dosagem exata e o tempo de uso.

Pacientes que conseguem emagrecer com uma boa alimentação e exercícios não devem fazer uso desses medicamentos, pois não há reais motivos para isso.

Como usá-los corretamente

Os remédios para emagrecer, quando recomendados pelo profissional, devem ser usados conforme a dosagem que fora recomendada pelo médico. Além disso, de nada adianta consumir tais medicamentos se continuar consumindo alimentos gordurosos e não se exercitar.

Além dos medicamentos, o paciente deve ter uma dieta bem equilibrada, preferencialmente criada por um nutricionista, além de se exercitar com regularidade, de 2 a 3 vezes por semana. O estilo de vida deve ser saudável, para que os efeitos do remédio possam ser vistos.

remédios para emagrecerRemédios para emagrecer precisam de receita

Os remédios para emagrecer são muito perigosos e seu consumo deve ser cauteloso, por isso dificilmente você conseguirá comprar algum deles sem receita. Todas as farmácias exigem a apresentação de receita médica para a compra dos remédios para emagrecer, por isso não deixe de consultar-se com um profissional de confiança que possa sanar todas suas dúvidas e lhe ajudar durante o tratamento.

Os medicamentos devem ser usados pelo tempo que for determinado pelo médico, conforme os objetivos do paciente.

Já falamos aqui sobre a dieta da anitta, sugiro a leitura para você se inspirar!

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Nome *
Email *
Site