Dieta Mediterranea: como funciona?

Compartilhe

Dieta Mediterranea pode ser uma excelente ideia para emagrecer, veja como ela funciona e como fazer!

Conhecida como dieta do mediterrâneo, o regime é baseado no consumo de alimentos frescos e naturais, como frutas, legumes, azeite, cereais, leite e seus derivados.

É imprescindível que alimentos industrializados também sejam abolidos do plano alimentar, pois é necessário ter o máximo de controle sobre ela.

Por conta disso, preparamos este conteúdo especial para que você fique por dentro de como funciona a dieta do mediterrâneo. Continue com a leitura logo abaixo.

Como fazer a dieta mediterrânea

Para fazer o regime do mediterrâneo, se deve alterar a alimentação da seguinte forma:

Evitar produtos industrializados

A rotina alimentícia tem que ser completamente natural, e formada por produtos oriundos da natureza, especialmente origem vegetal, como o famigerado azeite, bem como o arroz integral, soja, ovos e laticínios.

Cortas todos os produtos industrializados vai auxiliar a diminuir a produção de toxinas no corpo humano, reduzindo a inflamação e combatendo a retenção de líquidos, auxiliando naturalmente a desinchar.

dieta mediterranea

Azeite e gorduras boas

O azeite e óleos vegetais (como o óleo de canola e de linhaça) são ricos em gorduras benéficas ao coração, que ajudam a controlar o colesterol e a diminuir os riscos de doenças cardiovasculares.

Neste sentido, o azeite deve ser adicionado na preparação pronta. Exemplo: duas colheres de sopa de azeite direto na salada. Dessa forma, fica muito melhor extrair todos os benefícios do alimento.

Consumir peixes

Outra coisa importante é consumir peixe pelo menos 2 vezes na semana, pois são boas fontes de proteínas e gorduras boas, assim como o ômega-3, que atua como anti-inflamatório. Dessa forma, esses componentes atuam no alívio de dores nas articulações.

Alimentos integrais

A dieta mediterrânea deve ser rica em alimentos integrais, como o arroz, farinha, bem como a aveia e macarrão integral. A semelhança desses alimentos é que ambos são ricos em fibras, vitaminas e minerais que potencializam o funcionamento do organismo, combatendo a prisão de ventre e diminuindo a absorção de açúcares e gorduras.

Além disso, a dieta precisa ser rica em vegetais, como o feijão, grão-de-bico, soja, dentre outros.

Leite e derivados desnatados

Assim como foi falando anteriormente, para melhorar a alimentação e acabar com o consumo de gordura, é preciso consumir leite, mas do tipo desnatado. Iogurtes naturais, queijos brancos, ricota e cottage também estão liberados.

Isso porque o leite é rico em proteína, o que ajuda no ganho de massa magra. Ou seja, quanto mais massa magra, mais gordura eliminada.

dieta mediterranea

Benefícios da dieta mediterrânea

A dieta mediterrânea ficou conhecida mundialmente por conta da quantidade de gordura que ela é capaz de eliminar em um curto período de tempo. Abaixo, veja um exemplo desse tipo de regime alimentar:

Exemplo de cardápio

  • Café da manhã: 1 copo de leite desnatado + 1 fatia de mamão + 1 pão integral com ricota temperada com ervas;
  • Lanche: 3 torradas integrais de arroz + 2 castanhas + manteiga;
  • Almoço/Jantar: meia posta de salmão grelhado + 2 colheres de ervilha + + 2 batatas cozida + salada de alface, tomate e cebola roxa + 1 pera;
  • Lanche da tarde: 1 iogurte natural + 1 tapioca com queijo light + 1 banana + 1 colher de chá de linhaça.

Cabe destacar que é imprescindível contar com o acompanhamento de um profissional de nutrição, para que todos os benefícios possam ser presenciados, sempre com saúde e dedicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Nome *
Email *
Site