Dieta dukan: aprenda como funciona

Compartilhe

Dieta dukan é uma das mais famosas e que tem os melhores resultados, conheça tudo sobre ela!

Com a chegada do verão, muitas pessoas buscam por alternativas para ficar em forma. Dietas, suplementação e até procedimentos cirúrgicos são pautados. No entanto, é preciso tomar cuidado com tudo o que parece ser um milagre, pois, no final das contas, a perda não será apenas de gordura, mas de saúde também.

Por conta disso, separamos este conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre a dieta Dukana. Você já ouviu falar dela?

O que é a Dieta Dukan?

A dieta Dukan se espalhou por todo o mundo com a promessa de emagrecimento rápido atrelado à tonificação muscular. No Brasil, a técnica virou uma epidemia, uma vez que diversos consultórios começaram a passar a dieta aos seus pacientes.

A dieta Dukan foi desenvolvida pelo médico nutrólogo francês Pierre Dukan, com o objetivo de ajudar as pessoas que querem perder peso de maneira rápida e eficaz.

Dividida em quatro fases (ataque, cruzeiro, consolidação e estabilização), o regime é restritivo e, segundo o avanço das etapas, vai diminuindo aos poucos a rigidez.

Veja as quatro etapas da dieta:

Fase de ataque

Na primeira fase, por exemplo, só pode comer proteína, ou seja, carnes, ovos e suplementos à base de leite (whey). Estão proibidos carboidratos e açúcares. Na fase de ataque a alimentação é baseada apenas em alimentos ricos em proteínas, nada de batata, massas, bolos e qualquer alimento feito de farinha, mandioca, dentre outros.

Fase de cruzeiro

Nessa etapa, o paciente começa a introdução de alguns legumes e verduras, mas bem de leve. Isso porque tanto as verduras como os legumes possuem quantidades de carboidratos, por isso é importante seguir à risca o que o profissional nutricionista passou no cardápio.

Ainda assim, os legumes e as verduras precisam ser consumidos crus ou cozidos em água e sal, o único doce permitido, por exemplo, é a gelatina light.

Nessa fase, as gorduras consumidas devem ser o azeite, limão, e ervas como a salsa e o alecrim, bem como o vinagre balsâmico. Além disso, deve-se intercalar um dia comendo só proteínas e o outro comendo proteína, verduras e legumes, até completar uma semana.

Fase de consolidação

Além das carnes, dos legumes e das verduras, também devem ser acrescidos mais alguns itens: como algumas fatias de frutas, fatias de pão de forma integram e porções de qualquer tipo de queijo.

Nessa fase, também é permitido comer uma pequena quantidade de carboidratos duas vezes por semana, como o arroz integral, macarrão integral e o pão de forma. Além disso, é permitido ter duas refeições completas, onde é possível comer qualquer alimento da dieta, com uma taça de vinha ou até mesmo cerveja.

Por fim, esta fase deve ter duração de 10 dias para cada 1 kg eliminado.

Fase de estabilização

Na fase de estabilização, pode-se fazer no máximo 20 minutos de atividade física por dia e comer até 3 colheres de farelo de aveia diariamente. Nesta dieta é preciso beber no mínimo dois litros de água. Outras bebidas permitidas são: chás, café sem açúcar, refrigerante zero, e tudo o que não tiver calorias válidas.

E aí, o que achou da dieta do Dukan? Acha que vale a pena fazer? Conta pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Nome *
Email *
Site