CASTANHA-DO-PARÁ: DESCUBRA OS SEUS BENEFÍCIOS E PROPRIEDADES

Compartilhe

Você já deve ter se deparado em algum veículo de comunicação, seja televisão, rádio ou internet, com um especialista falando a respeito das benesses da castanha-do-pará. Afinal, essa oleaginosa é venerada por médicos e nutricionistas, e é sempre indicada como parte fundamental de uma dieta para deixar a saúde em dia e tinindo. 

 

Verdade seja dita, essa pequena semente é gigante em propriedades e nutrientes benéficos para os humanos e, se incluída na alimentação de maneira correta, pode ser uma grande aliada para o bem-estar do organismo. E quando falamos de incluí-la de forma correta, é porque, assim como tantos outros alimentos, a castanha-do-pará pode e tornar uma vilã de qualquer dieta quando consumida em exagero.

castanha do para

Neste texto você irá descobrir não só as vantagens de se alimentar dessa castanha tão típica de nosso país – tanto é que no exterior ela é chamada de “Brazil Nut”, que em bom português quer dizer “Castanha-do-Brasil” – como também a forma ideal de incluí-la no cardápio.

 

Rica, muito rica

Eis acima um adjetivo perfeito para a castanha-do-pará. Isso porque apesar de ser pequena, apenas uma semente possui grandes quantidades de gorduras boas, que reduzem o colesterol ruim (LDL) e aumentam o bom (HDL). Além de gorduras, também apresenta uma boa quantidade de fibras, nutriente essencial para o bom funcionamento do intestino e que também ajuda a prolongar a sensação de saciedade, fazendo assim com que você coma menos.

 

E não para por aí, não. A castanha típica do norte do país ainda contém quantidades significativas de magnésio, fósforo, zinco, vitamina E, vitamina B1 e de um mineral chamado Selênio, que merece explicação à parte.

 

Uma única semente de castanha-do-pará possui nada menos do que 200 a 400 microgramas de selênio. Para seter ideia de como ela é rica nesse mineral, saiba que um adulto precisa de algo em torno de 55 microgramas diários do nutriente. Mas afinal, em quê o selênio beneficia o organismo?

 

Essa é uma substância promissora na prevenção de diversas doenças, como câncer e alzheimer. O selênio é essencial para a formação de uma enzima denominada glutationa peroxidase. Essa enzima é uma das mais poderosas quando o assunto é neutralizar os radicais livres, moléculas que, quando em excesso no corpo, causam diversos danos ao organismo, incluindo a morte de neurônios.

castanha do para beneficios

Além de fazer bem para o cérebro, ajudando na cognição, o selênio também é importante para o bom funcionamento da tireóide, pois ajuda na produção dos hormônios T3 e T4. Quer mais? A ação antioxidante do selênio também previne doenças cardíacas.

 

Uma por dia, é o que basta

Depois de ler tanta coisa boa a respeito da castanha-do-pará, pode até ser que você tenha ficado animado para incluir ela de vez em sua dieta e aproveitar todas as maravilhas que ela proporciona. Mas veja bem: é preciso ter parcimônia com essa semente, especialmente por dois motivos.

 

O primeiro, é que o excesso de selênio no organismo pode acarretar não em benefícios, mas em prejuízos, sendo os mais frequentes mau hálito, unhas fracas e quebradiças, alterações na pele e queda de cabelo. O segundo é que a castanha, por ser rica em gorduras, mesmo que boas para o corpo, é um alimento bastante calórico. Pode parecer pouco, mas para aproveitar todos os benefícios castanha-do-pará na medida certa, basta comer uma por dia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Nome *
Email *
Site